Whatsapp Instagram Facebook Youtube

BLOG/NOTÍCIAS

Morre ex-prefeito de Itabuna, Fernando Gomes, aos 83 anos

O ex-prefeito de Itabuna, no sul baiano, Fernando Gomes, morreu neste domingo (24), aos 83 anos, em Salvador. O político estava internado no Hospital Aliança desde o dia 14 de julho, para onde foi transferido após uma crise hepática causada por medicamentos usados para amenizar dores na lombar.

Neste domingo, de acordo com a família, Gomes chegou a ser submetido a uma desintoxicação. A família também informou que houve necessidade de uma intervenção cirúrgica na tentativa de conter o avanço de uma bactéria. 

Fernando Gomes nasceu em Itabuna em 1939. Iniciou sua carreira política aos anos, quando assumiu o cargo de Secretário Municipal de Administração, em 1973. Ficou no cargo até 1976, candidatando-se, em seguida, a prefeito. 

Ficou à frente do Executivo municipal por cinco mandatos, sendo a primeiro em 1978 e a última em 2017. Em 2020, foi impedido de disputar por decisão do Tribunal regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), que indeferiu a candidatura. 

Fernando deixa viúva e seis filhos. 
 

No final da tarde, políticos manifestaram pesar pela passagem do ex-gestor. No Twitter, o ex-prefeito de Salvador e pré-candidato ao governo da Bahia ACM Neto (União Brasil) descreveu Gomes como importante liderança do sul da Bahia. "Prefeito por cinco vezes, deixou sua marca em Itabuna com muitas obras que contribuíram p/ mudar o perfil da cidade. Que Deus conforte os corações e dê muita força aos familiares neste momento de profunda dor e tristeza", escreveu Neto. 

O governador Rui Costa (PT) também manifestou condolências aos familiares e amigos, além de decretar luto oficial na Bahia por três dias.

"Quero manifestar meu pesar pela morte do ex-prefeito de Itabuna e ex-deputado federal, Fernando Gomes. Que Deus conforte seus familiares, amigos e itabunenses. Está decretado luto oficial na Bahia por 3 dias."

 

O atual prefeito de Itabuna, Augusto Castro, também fez manifestação nas redes sociais. O município decretou luto oficial por três dias. Castro relembrou a trajetória política de Gomes na cidade.



Fonte: Correio24h